Princ??pios Hermen??uticos

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Hermes – O Trimegisto – NIN.GISH.ZI.DA Todos os preceitos fundamentais b??sicos introduzidos nos ensinos esot??ricos de cada ra??a foram formulados por Hermes. Mesmo os mais antigos preceitos da ??ndia tiveram indubitavelmente a sua fonte nos Preceitos Herm??ticos originais.

Nenhum fragmento dos conhecimentos ocultos possu??dos pelo mundo foi t??o zelosamente guardado como os fragmentos dos Preceitos Herm??ticos, que chegaram at?? n??s, atrav??s dos s??culos passados desde o tempo de seu grande estabelecedor, Hermes, o Trimegisto, o Mensageiro dos Deuses, que viveu no antigo Egito, quando a atual ra??a humana estava em sua inf??ncia, isto ??, mais ou menos 450.000 a.C., segundo alguns historiadores.

A palavra “conhecimento” corresponde exatamente ?? palavra grega “Gnose”, que os iniciados criaram, para n??o atribuir a si o maior atributo da Divindade, que ?? a Ci??ncia.

“O Homem nada sabe, mas ?? chamado a tudo conhecer.”

Hermes foi e ?? o Grande Sol Central do Ocultismo, cujos raios tem iluminado todos os ensinamentos que foram publicados desde o seu tempo. Do antigo Egito vieram preceitos fundamentais esot??ricos ocultos, que influenciaram todas as ra??as, na????es e povos. O Egito foi ?? p??tria da Sabedoria Secreta, dos ensinamentos m??sticos e dele, todas as na????es receberam a Doutrina Secreta.
Todos os preceitos fundamentais b??sicos introduzidos nos ensinos esot??ricos de cada ra??a foram formulados por Hermes. Mesmo os mais antigos preceitos da ??ndia tiveram indubitavelmente a sua fonte nos Preceitos Herm??ticos originais.
De todos os lados do mundo antigo vinham os Mestres para se prostrarem aos p??s do Mestre maior. E ali obtiveram a Chave-Mestra que explicava e reconciliava seus diferentes pontos de vista e assim foi consolidada a Doutrina Secreta.
Todos consideravam Hermes, o Mestre dos Mestres.
Os estudantes de religi??es comparadas compreender??o facilmente a influ??ncia dos Preceitos Herm??ticos em qualquer religi??o, quer seja uma religi??o morta, quer seja uma cheia de vida, como as dos nossos pr??prios tempos.
A obra de Hermes foi feita para implantar a grande Verdade-Semente e dissiminou-se rapidamente. Todavia as verdades originais ensinadas por ele foram conservadas intactas em sua pureza original, por pequeno n??mero de homens e tem sido transmitida entre esses poucos, dos l??bios aos ouvidos.
Sempre existiram alguns Iniciados que conservaram viva a chama sagrada dos Princ??pios Herm??ticos, e cuidando do Altar da Verdade, procuraram manter sempre acesa a l??mpada Perp??tua da Sabedoria.
??, n??o deixeis apagar a chama mantida de s??culo em s??culo, nesta caverna obscura, neste Templo Sagrado!
Sustentada por puros Ministros do Amor!
N??o deixeis jamais apagar esta Divina Chama!
Nunca procuraram grande n??mero de seguidores, nem se preocuparam com a prova????o popular, indiferente porque sabem que poucos em cada gera????o est??o preparados para a verdade e a reconhecer??o quando ela lhes for apresentada.
Reservam a carne para os homens feitos, enquanto outros d??o leite ??s crian??as. Em qualquer lugar que se ache vest??gios do Mestre, os ouvidos dos que estiverem preparados para ouvir os seus ensinamentos se abrir??o completamente. E quando os ouvidos est??o preparados para ouvir, ent??o v??m os l??bios para ench??-los com Sabedoria. No mais, os l??bios estar??o fechados, exceto para os ouvidos do Entendimento.
Mas n??o se pode obrigar uma ra??a mediana a admitir a verdade, reservada aos mais adiantados no caminho; o esp??rito da persegui????o ainda n??o desapareceu da terra.
Se certos Preceitos herm??ticos fossem divulgados, seus propagadores seriam odiados e perseguidos pela multid??o, aos gritos de: “Matai-os, Crucificai-os!”.
CAIBALION significa tradi????o ou preceitos manifestados por um Ente de cima. No Egito funcionava a maior Loja dos M??sticos. Por suas portas passaram Ne??fitos, que mais tarde, como Hierofantes, Adeptos e Mestres sa??ram para todas as partes do mundo, levando e transmitindo aos que mereciam os preciosos ensinamentos que receberam.
INICIAREMOS COM ALGUNS DOS PRECEITOS DE HERMES, OU MELHOR, OS 7 PRINCIPAIS QUE COMP??EM O PRINCIPIO DA VERDADE

Sobre o Princ??pio da Verdade diremos que: aqueles que o conhecem perfeitamente possuem a Chave M??gica com a qual todas as portas do Templo podem ser abertas completamente.

1. O Princ??pio do Mentalismo;
2. O Princ??pio da Correspond??ncia;
3. O Princ??pio da Vibra????o;
4. O Princ??pio da Polaridade;
5. O Princ??pio do Ritmo;
6. O Princ??pio da Causa e Efeito;
7. O Princ??pio do G??nero.

1. O Princ??pio do Mentalismo

Sob as apar??ncias de Universo, de Tempo, de Espa??o e de Mobilidade est?? sempre encoberta a Realidade Substancial – a Verdade Fundamental. A subst??ncia ?? aquilo que se oculta debaixo de todas as manifesta????es exteriores, a ess??ncia, a realidade essencial, ?? coisa em si mesma, etc… Substancial ?? aquilo que existe atualmente, que ?? o elemento essencial, que ?? real, etc… A realidade ?? o estado real, verdadeiro, permanente, duradouro atual de um Ente. O Todo ?? mental e o Universo ?? Mental.
Aquele que compreender a Verdade da Natureza Mental do Universo estar?? avan??ado no Caminho do Dom??nio. Todo o Universo ?? Mental e quando o Homem dominar sua pr??pria Mente, a colocar?? em sintonia com a Mente Universal e ter?? o dom??nio da Verdade.
O Todo ?? Esp??rito, ?? incognosc??vel e indefin??vel em si mesmo, mas considerado como uma Mente Vivente Infinita e Universal. Todo o Universo ?? simplesmente uma Cria????o Mental do Todo, sujeito ??s Leis das Coisas Criadas, e tem sua exist??ncia na Mente do Todo, em cuja Mente vivemos e temos nossa exist??ncia.

2. O Princ??pio da Correspond??ncia

O que est?? em cima ?? como o que est?? embaixo, e o que est?? embaixo ?? como o que est?? em cima. Este ?? o Princ??pio da Correspond??ncia e nele fica estabelecido que no Microcosmo assim como no Macrocosmo, tudo segue o seu destino e o nosso corpo ?? apenas um reflexo das manifesta????es do Universo, como provam os ??tomos, que no Micro como no Macro. Reage de uma ??nica forma.
As rea????es astrais s??o as mesmas de nosso corpo interior – mesmos ??tomos, mesmos movimentos.
Este princ??pio cont??m a Verdade, que existe uma correspond??ncia entre as leis e os fen??menos dos diversos planos da Exist??ncia e da Vida. Este Princ??pio ?? de aplica????o e manifesta????o Universal nos diversos planos do Universo material, mental e espiritual: ?? uma Lei Universal.
O Princ??pio de Correspond??ncia habilita o Homem a raciocinar inteligentemente do Conhecido ao Desconhecido. Estudando a m??nada, ele chega ao arcanjo.

3. O Princ??pio da Vibra????o

Nada est?? parado, tudo se move, tudo vibra. Aquele que compreende o Princ??pio da Vibra????o, alcan??ou o Cetro do Poder.
O dia que o Homem conseguir dominar as 7 escalas da Vibra????o, elevar-se-?? ??s vibra????es mais sutis, ele receber?? do Universo tudo o que necessita, basta dizer-se que at?? agora, estamos na 3?? escala, isto ??, nas mais materiais vibra????es conhecidas.
Para destruir uma desagrad??vel ordem de Vibra????o Mental, ponde movimento o Princ??pio da Polaridade e concentrando-vos sobre o p??lo oposto que desejais suprimir, destru?? o desagrad??vel, mudando sua polaridade.
Compreendamos: desde o ??tomo e a mol??cula, at?? os mundos e Universos, tudo est?? em movimento vibrat??rio. Isto ?? Verdade nos planos de energia e for??a (que tamb??m variam em graus de vibra????o); nos planos mentais (cujos estados dependem das vibra????es) e tamb??m nos planos espirituais.
O conhecimento deste Princ??pio, com as f??rmulas apropriadas permite ao estudante hermetista conhecer as suas vibra????es, bem como tamb??m as dos outros.
Desde o TODO, que ?? Puro Esp??rito, at?? a forma mais grosseira da mat??ria, tudo est?? em Vibra????o; quanto mais elevada for a vibra????o, tanto mais elevada ser?? a posi????o na escala…

4. O Princ??pio da Polaridade

Tudo ?? duplo, tudo em p??los, tem o seu oposto, seu par contr??rio, o igual e o diferente s??o a mesma coisa; os opostos s??o id??nticos em natureza, s?? digerem em grau, os extremos se tocam, todas as verdades s??o meias-verdades, todos os paradoxos podem ser reconciliados. O Bem e o Mal, O frio e o Calor, a Intelig??ncia e a Ignor??ncia, tudo ?? igual. ?? s?? uma quest??o de graus a mais ou a menos. Tudo existe e n??o existe ao mesmo tempo, h?? dois lados de tudo, todo verso tem o seu reverso, Bem e Mal s??o a mesma coisa, apenas um ?? menos Mal e o outro ?? menos Bem.
O Baixo n??o passa de menos Alto, basta dizer que uma pessoa de determinada ra??a ?? mais baixa (pigmeus) e outras, de outras ra??as, t??m m??dia mais alta.
Ouvi uma vez, um imediato que voltava de uma expedi????o ao P??lo Sul, contar que ao chegar, desceram todos do navio, encapotados, em uma temperatura abaixo de zero, enquanto os que os recebiam estavam em camisas de manga, fato explic??vel, pois estavam saindo de uma hiberna????o com 40?? abaixo de zero.
O conhecimento do Princ??pio habilitar?? o disc??pulo a mudar a pr??pria polaridade, e a dos outros, se ele consagrar o tempo e o estudo necess??rio para obter o dom??nio da Arte.

5. O Princ??pio do Ritmo

Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas mar??s, tudo sobe e desce.
Tudo se manifesta por oscila????es compensadas, a medida do movimento ?? direita ?? a mesma do movimento ?? esquerda. O Ritmo ?? a compensa????o. E se atentarmos para nossa vida, veremos que segue tamb??m um ritmo alterado com altos e baixos, de alegrias e tristezas. Fluxo e refluxo podem depender de n??s, desde que dominemos nossas rea????es e as elevemos. Usar Equil??brio e Firmeza Mental. E o que devemos fazer? Controlar com for??a concentrada, que n??o haja nenhum excesso, nem de alegrias e nem de tristezas, pois o Princ??pio do Ritmo, far?? com que esse excesso seja logo compensado por um excesso oposto.
Mediante o dom??nio pr??prio alguns evitam esta oscila????o inconscientemente, por??m os Mestres o fazem conscientemente, mediante um grau de equil??brio e firmeza mental, a pontos inacredit??veis.
Este Princ??pio e a da Polaridade forma, estudados secretamente pelos Hermetistas e os m??todos para impedi-los, neutraliz??-los e empreg??-los formam uma parte importante da Alquimia Mental do Hermetismo.

6. O Princ??pio da Causa e Efeito

Toda Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa, tudo acontecendo de acordo com a Grande Lei, e o acaso ?? simplesmente um nome dado a uma Lei n??o reconhecida. H?? muitos planos de Causalidade, por??m nada escapa ?? Lei.
Os Mestres elevam-se a planos superiores e dominando seu car??ter, seu g??nio e seus Poderes e qualidades, tornam-se causadores em vez de efeitos. Empregam o Princ??pio ao inv??s de serem dirigidos por ele. Evitando a causa, livramo-nos dos Efeitos, assim como buscando apenas os efeitos positivos, come??aremos por provocar uma causa tamb??m positiva…
Dissemos anteriormente que o Acaso ?? simplesmente um nome dado a uma Lei n??o reconhecida. Um suposto agente ou modo de atividade diferente da for??a, lei ou prop??sito; a opera????o de atividade de tal agente – o suposto efeito deste agente – um acontecimento fortuito, uma causalidade, etc. N??o. O acaso ?? simplesmente um modo de exprimir as causas obscuras, as causas que n??o podemos compreender, e se as compreendermos, veremos que s??o o resultado de uma cadeia de causas, criando esse efeito, o acaso.

7. O Princ??pio do G??nero

O G??nero est?? em tudo, tudo tem seu Princ??pio masculino e seu Princ??pio feminino, o G??nero se manifestando em todos os planos. Isto ?? concreto n??o s?? no Plano F??sico, mas tamb??m nos Planos Mental e Espiritual. No Plano F??sico, este Princ??pio se manifesta como sexo; nos Planos Mentais, toma formas superiores, mas ?? sempre o mesmo Princ??pio. Nenhuma cria????o quer f??sica, mental ou espiritual ?? poss??vel sem este Princ??pio. A compreens??o de suas leis poder?? esclarecer a solu????o de muitos mist??rios da Vida. O Princ??pio do G??nero opera sempre na dire????o da gera????o, regenera????o e cria????o. Gera????o no Plano F??sico, regenera????o no Plano Mental e cria????o no Plano Espiritual.
Todas as coisas masculinas t??m tamb??m o lado feminino. Se compreenderes que a gera????o de uma id??ia ?? a forma????o do g??rmen dessa id??ia, que a regenera????o ?? o aperfei??oamento dessa id??ia, e a Cria????o ?? a realiza????o completa da id??ia, podereis estudar e compreender este Princ??pio Herm??tico.
N??s vos advertimos que este Princ??pio n??o tem rela????o alguma com as teorias e pr??ticas luxuriosas, perniciosas e degradantes que usam t??tulos empolgantes e fant??sticos. Tais teorias tendem a arruinar a mente, o corpo e a alma. Para aquele que ?? puro, todas as coisas s??o puras; para os vis, todas as coisas s??o vis e baixas.
Aqui chamamos a vossa aten????o para o fato que o G??nero no seu sentido herm??tico e o sexo no uso aceito do termo, n??o s??o a mesma coisa.
A palavra G??nero ?? derivada da raiz latina que significa gerar, procriar, produzir, com um significado mais extenso que o termo Sexo, que se refere ??s distin????es f??sicas entre as coisas vigentes, machos e f??meas. O Sexo ?? simplesmente uma manifesta????o do G??nero em certo plano do Grande Plano F??sico, o Plano da Vida Org??nica.
Concluindo, diremos que a Mente, t??o bem como os metais e os elementos podem ser transmutados de estado em estado, de grau em grau, de condi????o em condi????o, de p??lo em p??lo, de vibra????o em vibra????o.
A Verdadeira transmuta????o herm??tica ?? uma Arte Mental e devemos estud??-la.

Permitida reprodu????o desde que citada a fonte.
Direitos autorais reservados